fbpx

Artigos

A Arte do Shogi #07 – Como Usar as Peças Corretamente (parte 2 de 3)

| por:

Postado em: #Curiosidade #Especiais #Games

Na Arte do Shogi deste mês, chegamos ao 7º artigo onde o Davi explica como usar as Peças Corretamente, vem com a gente!

E na parte 2 desse mês da Arte do Shogi, nosso parceiro Davi explica como usar as Peças Corretamente. Não se esqueça de deixar sua opinião nos comentários, bora jogar?

Olá, pessoal!

Obrigado por continuarem acompanhando a minha coluna aqui no Site Anime Xis.

No último artigo eu comecei a ensinar a vocês como tirar o máximo de potencial do Peão, do Cavalo e da Lança em uma partida de Shogi.

Vamos continuar com as outras peças?

Espero que gostem.

*

Então vamos começar com o General de Prata.

Diferente das peças que falei no artigo anterior, ele tem a capacidade de recuar. E isso é um pequeno detalhe que faz toda diferença.

Sempre que for mover o seu General de Prata, só use seu movimento vertical quando tiver certeza que terá algum ganho (ameaçar ou capturar uma peça inimiga, defender uma peça aliada ou ocupar uma posição importante). Do contrário, gastará muitos movimentos para fazer com que ele volte ao espaço que ocupava mesmo sem obstrução de peças aliadas ou inimigas.

Qualquer um dos movimentos do General de Prata, exceto o vertical (ponto vermelho), faz com que ele possa volta para a casa da qual ele partiu.

Outra vantagem da movimentação do General de Prata é que ele é muito forte contra peças que não tenham movimentos diagonais. Isso faz dele um excelente caçador de algumas peças inimigas.

Somente recuando o General de Prata pode ameaçar Generais de Ouro sem ser ameaçado (quadrado verde do canto superior esquerdo). Já somando com o avanço, seus movimentos podem ser fatais para Peões, Cavalos (quadrado verde central. Nota: aqui entra o caso da certeza de se mover verticalmente, pois você terá lucro), Torre, Lanças e Peões (dependendo da posição, conforme consta no quadrado verde do canto superior direito).

Em suma, o General de Prata é uma peça muito versátil, que pode ser utilizada tanto para defesa quanto para ataque.

*

Agora vamos falar do General de Ouro.

Alguns materiais sobre Shogi o descrevem como uma peça de defesa. E não é totalmente mentira. Sua proximidade com o Rei e seus movimentos quase similares aos do monarca fazem dele uma peça que pode fazer uma boa “parede de escudos” ao redor do Rei e mantê-lo a salvo de ataques.

Dois Generais de Ouro ao lado do Rei protegem muitas casas ao redor do monarca (os pontos vermelhos são onde ambos protegem)

 

E diferente do General de Prata, ele não gasta muitos movimentos para voltar de onde veio a menos que você tenha obstáculos no caminho.

Exceto em seus movimentos diagonais (em vermelho), o General de Ouro volta facilmente para a sua casa inicial.

Agora por que eu disse que afirmar que o General de Ouro é uma peça de defesa não é uma total mentira: quando usado para atacar o Rei adversário, ele vira uma ótima forma de fazer o monarca recuar principalmente quando desfere o xeque nas casas próximas.

E por último no artigo deste mês, vamos falar do Rei.

Apesar de ser uma peça que possui uma alta vulnerabilidade (quando ameaçado, você entra em xeque e tem como prioridade salvá-lo), o Rei pode participar de ações ofensivas e defensivas desde que você esteja ciente que:

  • Em uma troca de peças, ele precisa ser o último a participar;
  • Com a regra da reposição do Shogi, é muito fácil usar o que foi capturado contra o Rei exposto.

Por isso, enquanto o Rei no Xadrez pode ganhar uma função ofensiva no final do jogo, no Shogi ele é um pouco mais frágil e é recomendado que você cuide dele da melhor forma possível.

O Peão é atacado por três peças: Lança, Cavalo e General de Prata. Mas é protegido por três peças: Rei, Torre e Bispo. No mata-mata, o jogador com o Rei vai prevalecer. No entanto, esta troca o levará a perder tudo em troca das peças ofensivas que são mais fracas. Compensa defender tal Peão com um arsenal tão valioso?

 

Por enquanto ficamos por aqui.

 

Indicando Shogi

A indicação deste mês será o aplicativo “ShogiLevel 100”.

Nele vocês podem jogar contra o computador em 100 níveis diferentes de dificuldade ou contra um amigo, além de configurar o tabuleiro para o design que mais gostar conforme vencer níveis mais altos.

O aplicativo está disponível para Android grátis com alguns níveis de dificuldade liberados e a versão paga tem o pacote completo. No entanto, para quem confia em aplicativos baixados por fontes desconhecidas, ele não é difícil de achar na internet.

Infelizmente, fico devendo informações sobre outros sistemas operacionais.

Este aplicativo nunca sai do meu celular. É um dos meus prediletos!

 

Muito obrigado a todos(as) e até a próxima!

Por Davi Paiva

Leia mais aqui!

Davi Paiva nasceu em São Paulo, capital, em 1987. É graduado em Letras pela Universidade Cruzeiro do Sul. Participou de várias antologias de contos por diversas editoras, inclusive nas obras “Poderes”,“Monstros entre Nós”, “Guerreiros” e “Magos” pela Darda Editora, onde foi coautor e organizador, e é autor do livro “Cavaleiro Negro”, que também saiu pela mesma editora.

Publica seus textos no blog detonerds.blogspot.com.br e no site Animexis.com.br

Contato com o autor: [email protected] ou via Facebook: facebook.com/davipaivalivrosetextos/

Sobre o autor

Lau

Laudelino( ou apenas Lau) acompanha os animes a pouco mais de 20 anos, organizou exibições de animes no Centro Cultural de Rio Claro, interior de São Paulo por 7 anos, trabalhou em diversas áreas até abrir o espaço Anime Xis, voltado para LAN House, RPG, Cardgames e claro; animes e tudo que circula esta área. Atualmente é Editor Chefe do Site e responsável pela loja Anime Xis, além do site escreve para a Revista Mundo OK do editor Daniel Yonamine, também é fotógrafo formado pela UNIMEP em Piracicaba - SP e fotografa de tudo(mesmo). Então precisando de trabalhos ou boa conversa sobre anime, mangás, nerdisses e Fotografia, pode chamar no @Anime_Xis ou no @lmoreirafotografia.