fbpx

Notícias

Act-Age: Ilustradora Shiro Usazaki comenta sobre prisão do autor e cancelamento do mangá

| por:

Postado em: #Anúncios #Japão #Mangás

Shiro Usazaki concordou com o cancelamento do mangá Act-Age e pede aos fãs que não culpem as vítimas por tudo que ocorreu.

A ilustradora Shiro Usazaki, ilustradora do mangá Act-Age, postou comentários na segunda-feira (24/08) sobre a prisão do autor do mangá, Tatsuya Matsuki e o consequente cancelamento do mangá.

Usazaki primeiro expressou seus sentimentos pelas vítimas, na qual declaração ela disse “corajosamente falar sobre o incidente, apesar de seu choque e medo”. Usazaki elaborou que ninguém “se recupera naturalmente” da agressão sexual e até mesmo ver uma pessoa semelhante na aparência do agressor pode fazer com que as vítimas respondam de maneiras específicas, criando para sempre um estresse desnecessário em suas vidas.

Shiro Usazaki mencionou que ela não quer que o mangá Act-Age seja um trabalho que desencadeie reações semelhantes nas vítimas e então considerou o cancelamento do mangá apropriado. Enquanto Usazaki também lamentou ter que terminar o mangá no meio do caminho, ela pediu aos fãs do mangá para não assediar ou culpar as vítimas. Ela expressou claramente que o cancelamento do mangá não é culpa das vítimas e que não é um erro que as vítimas falem sobre assédio sexual.

Usazaki acrescentou que simpatizam com os fãs do mangá, ou com aqueles que encontram propósito nos mangás em geral, já que também já foram “salvos” pelo mangá. Mas ela advertiu e implorou contra os leitores que usam esse amor com o propósito errado de incitar a violência e, em vez disso, pediu aos fãs que pensassem com clareza, considerassem vários pontos de vista, negassem informações que não têm base em fatos e sempre considerassem o que deveria ou não ser dito.

A ilustradora concluiu com sua esperança de que as vítimas recebam os devidos cuidados e tenham uma vida pacífica, sem nunca ter que pensar sobre o incidente novamente.

Entenda o caso:

A rede de notícias NHK informou no sábado, 8 de Agosto, que o criador do mangá act-age, Tatsuya Matsuki, de 29 anos de idade, foi preso sob suspeita de cometer um ato indecente com uma estudante do ensino médio.

A NHK relatou que, de acordo com a polícia, a garota estava caminhando pelo bairro Nakano, em Tóquio, em 18 de Junho às 20h, quando o suspeito se aproximou da garota por trás e a tocou de forma inadequada. Posteriormente, o suspeito fugiu do local.

A menina foi à polícia, que analisou as imagens das câmeras de segurança para investigar. A polícia descobriu por meio de imagens de segurança que cerca de uma hora depois, ocorreu um incidente semelhante em uma estrada próxima com uma estudante do ensino fundamental diferente, envolvendo um suspeito que se parecia com Matsuki.

De acordo com a polícia, Matsuki disse à polícia “geralmente não há nada de incorreto” em suas acusações.

Durante as horas que se passaram após a divulgação da notícia, foi confirmado que a vítima tinha entre 12~15 anos de idade. O incidente ocorreu no dia 18 de Junho, por volta das 20h. Matsuki tocou e assediou uma menina do ensino médio. Aproximadamente 1 hora depois, ele assediou outra menina da mesma forma.

As empresas de entretenimento Hori Pro e Hori Pro International anunciaram em 11 de Agosto que decidiram cancelar a peça de teatro que adapta o mangá. A mensagem deles no site da peça intitulada Act-Age ~Ginga Tetsudō no Yoru~ (Act-Age: Night on the Galactic Railroad) explicaram que a equipe de produção levou a sério a prisão de Matsuki em 8 de Agosto e cancelaram a peça depois de discutir o assunto com todos os envolvidos. As empresas também cancelaram o teste para a heroína Kei Yonagi.

Shū Matsui estava dirigindo a peça que estava planejada estrear nos teatros japoneses em 2022.

Sobre o mangá Act-Age:

Tatsuya Matsuki e Shiro Usazaki lançaram o mangá act-age na revista Weekly Shonen Jump em Janeiro de 2018. A Viz Media publicou os três primeiros capítulos em inglês simultaneamente ao lançamento japonês e começou a publicar regularmente o mangá digitalmente em Dezembro de 2018. O site MANGA Plus da Shueisha também publica o mangá em inglês digitalmente.

A história acompanha Kei Yonagi que vem de uma família pobre cujo pai a abandonou juntamente com os seus dois irmãos mais novos, deixando-a encarregue de cuidar da família depois da morte da sua mãe. Quando apareceu a oportunidade de perseguir o seu sonho de se tornar atriz, Yonagi aproveita a chance. Chamando a atenção do diretor Sumiji Kuroyama, a oportunidade de Yonagi brilhar tinha chegado. No entanto, o talento de Yonagi para atuar vem da sua habilidade extrema e inata para o Método de Atuação, que várias pessoas notam como potencialmente auto-destrutivo.

Hiroyuki Nakano, o editor-chefe da Weekly Shonen Jump, recentemente numa entrevista destacou Chainsaw Man e Act-Age como títulos sobre os quais ele tem grandes expectativas. O mangá foi nomeado para o 43rd Kodansha Manga Awards no ano passado.

Além disso, o mangá , act-age está inspirando uma pela de teatro que está programada para ser lançada em 2022.

Por enquanto isso é tudo e a nossa central de animes continuará atenta para novidades.

Fontes: Hachima Kikō, Twitter de Shiro Usazaki via ANN

– Leia mais sobre Mangás aqui no Anime Xis!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no Twitter@Anime_Xis InstagramAnime_xis
Conhece nosso Canal no Youtube?
Curtam nossa página no FacebookAnime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizgp