fbpx

Notícias

Kadokawa, Kodansha, Shueisha e Shogakukan chegam à acordo com Cloudflare contra a pirataria

| por:

Postado em: #Anúncios #Japão #Mangás #Revistas

A empresa americana Cloudflare concordou em parar de armazenar em cache conteúdos piratas nos seus servidores. A Takeshobo está cobrando por danos.

Quer pirataria? Vá ver o filme do Capitão Gancho!

O Shuppan Kouhou Center anunciou na semana passada que as editoras japonesas KadokawaKodanshaShueisha e Shogakukan chegaram a um acordo com a empresa americana de segurança na web Cloudflare em Junho de 2019. A Cloudflare concordou em parar de armazenar em cache servidores em sites japoneses e de sites de pirataria especificados, se o Tribunal Distrital de Tóquio considerar que os sites estão violando direitos autorais.

Os advogados das editoras entraram com uma ação no Tribunal Distrital de Tóquio em Agosto de 2018 solicitando que o Cloudflare parasse de hospedar conteúdo para vários sites de pirataria. Os sites de pirataria de mangás para os quais a Cloudflare havia oferecido serviços incluíam Hoshi no Romi, um aparente “sucessor” do site Mangamura. As quatro editoras também entraram com uma ação contra os administradores do Hoshi no Romi no Tribunal Distrital do Sul de Nova York em 4 de Setembro.

Em um caso separado, o serviço de notícias Kyodo informou em 6 de Janeiro que a editora japonesa Takeshobo e um criador de mangá masculino entraram com uma ação no Tribunal Distrital de Tóquio contra a Cloudflare. O processo alega que o Cloudflare é cúmplice na violação de direitos autorais ao oferecer seu serviço a sites de pirataria de mangás. A Takeshobo e um criador do mangá estão cobrando por danos e a Takeshobo também está buscando a remoção de todos os seus dados de mangá armazenados temporariamente nos servidores da Cloudflare.

Os autores alegam que a Cloudflare prestou serviços aos sites de pirataria de mangás, apesar de saber que os sites estão oferecendo ilegalmente mangás. Entre outros serviços, o Cloudflare pode atuar como intermediário entre um servidor e seus usuários finais, fornecendo conteúdo mesmo quando o servidor original está enfrentando problemas de conexão ou ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS).

KAREN: “- Eles estão conseguindo vencer esta batalha. Onde vou ler o próximo capítulo do meu mangá?” (Anime imagem: Kiniro Mosaic)

Por enquanto isso é tudo, mas a nossa central de animes continuará atenta para novidades.

Fontes: Shuppan Kōhō Center , Animation Business Journal

– Leia mais sobre Mangás aqui no Anime Xis!

– Mais notícias de animes? Clique neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no twitter: @Anime_Xis
Conhece nosso Canal no Youtube?

Curtam nossa página no Facebook: Anime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizgp