fbpx
19 de setembro de 2021

Anime Xis

Notícias de Animes, Eventos, Reviews, Artigos, Podcast e muito mais!

Primeiras Impressões | O Mito de Sísifo – por Erika

Ainda sem previsão de lançamento no Brasil, novo K-drama da Netflix, O Mito de Sísifo promete ser um dos melhores lançamentos de 2021.

 

Antes de mais nada, poxa Netflix, “O Mito de Sísifo” bem que poderia ser exibido simultaneamente também, principalmente pelo elenco que já é carinha carimbada na plataforma. Mas enfim, nem tudo são flores e vamos direto ao assunto. ?

Sisyphus: The Myth ou O Mito de Sísifo é o mais recente drama da JTBC que começou com tudo no mês Fevereiro e para esse primeiras impressões estou levando em conta só os primeiros episódios. Vale ressaltar que o drama além de ser da JTBC tem distribuição pela Netflix e com isso tem exibição simultaneamente nos Estados Unidos, com episódios lançados toda a semana. Já aqui no Brasil não se sabe quando será lançado, porém o mais provável que O Mito de Sísifo (Sisyphus: The Myth) siga os passos do drama Na Direção do Amor (Run On) e só seja lançado quando estiver com sua temporada completa, lá pra Abril ou Maio.

O Mito de Sísifo conta a história de um engenheiro genial cofundador da empresa Quantum and Time, chamado Han Tae-sul, que tenta descobrir a verdade por trás da morte de seu irmão mais velho. No outro lado temos também a mocinha ou heroína, Kang Seo-hae, que volta no tempo para ajudá-lo assim e mantê-lo em segurança. Mas os próximos eventos trazem grandes mudanças na vida dos dois e se são boas ou ruins, aí eu já não sei. Tem que acompanhar! ^^

Como mencionei antes o drama começou de maneira excelente e tendo um elenco de peso não poderia ter tido uma estreia ruim. O elenco é composto por Cho Seung-woo, Park Shin-hye, Heo Jun-seok, Tae In-ho, Sung Dong-il, Jung Hye-in, Tae Won-seok, Choi Jung-woo, Kim Jong-tae e mais uma penca de gente. Fora que o drama é dirigido por Jin Hyeok e dessa vez ele está sozinho na direção, vale lembrar também que o seu último trabalho foi The Legend of the Blue Sea (A lenda do Mar Azul), em 2016. Junto com o diretor vem a dupla de roteirista Lee Je-in e Jeon Chan-ho que já trabalharam no drama “Fates and Furies” em 2018. Pois é, se levar em consideração seus trabalhos anteriores o trio é uma boa equipe, mas espero que façam um bom trabalho até o final. (por favor!)

Mas agora focando no drama, já no primeiro episódio tem uma forma bastante simples de apresentar os protagonistas. Nos primeiros segundo temos um vislumbre da máquina e já nessa primeira parte temos a Kang Seo-hae (Park Shin-hye) junto com seu pai antes de embarcar e logo depois de um corte com um título da obra temos a heroína em um local totalmente diferente e em seguida temos uma perseguição. Entre perseguições e cenas de ação já se passaram dez minutos e finalmente aparece o mocinho do drama, Han Tae-sul (Cho Seung-woo) e vemos a mesma receita que foi apresentada anteriormente pela heroína, início de um diálogo com um drama “subentendido” e depois uma sequência de cenas mais dinâmica. São situações diferentes mas têm a mesma pegada e o intuito de nos apresentar os protagonistas e um pouco do que eles podem oferecer durante o show.

Até o momento o drama segue dinâmico e com sequências de cenas de ação boas e diálogos interessantes com umas pitadas de humor aqui e ali. O enredo tem o potencial de surpreender a todos, se os escritores continuarem fazendo seu trabalho direito, é claro. Os episódios nos mostram uma história às vezes rápida, e às vezes um pouco mais lenta. O que pra mim é muito bom, você fica empolgado e ao mesmo tempo querendo saber mais daquilo. Tem uns pequenos furos, mas okay, isso até que é normal para um começo de temporada. Já os protagonistas estão muito bem em seus papéis.

Cho Seung-woo como sempre arrasando e que fica até estranho ver ele em um personagem totalmente diferente do sem emoção do Si-mok (Stranger). O Han Tae-sul é um personagem inteligente, nerd e bonito e ao mesmo tempo gosta de aprontar, ser sarcástico, mas com um tempo você compreende o lado dele e vê que isso serve mais como uma forma de defesa. É engraçado ver o ator Cho Seung-woo em um personagem mulherengo, fica até fofo.? No caso da Park Shin-hye devo admitir que até o momento ela está se saindo muito bem e suas cenas de lutas são legais, adorei a personagem dela nesse drama e acho que esse é o tipo de personagem que combina com ela, muito melhor do que uma donzela toda apática em perigo. Contra os mocinhos temos duas organizações diferentes com ambições diferentes, mas com o mesmo desejo: Pegar o Tae-sul. Nesse ponto tanto vilões e coadjuvantes estão bem em seus papéis e de pouco em pouco eles começam a nos entreter e nos deixar com a pulga atrás da orelha e, assim fazendo com que o telespectador crie teorias e fique na torcida pelo casal. (Fighting!)

Em relação ao título do drama, está claro que há inspiração com o Mito de Sísifo da mitologia grega e só para resumir esse mito. Sísifo era um humano muito esperto, foi considerado o mais astuto de todos os mortais e chegou até a enganar os deuses porém essas “brincadeirinhas” o levou a se dar mal. Seu castigo foi empurrar uma pedra até em cima de um monte, caindo a pedra constantemente da montanha sempre que o topo era atingido. Este processo seria sempre repetido até à eternidade, o que se encaixa perfeitamente no drama, pois tanto o homem querendo ser melhor que deus e assim criando uma máquina do tempo, como também os protagonistas vivem em um loop assim como Sísifo com seu castigo em mover a pedra repetidamente até o monte. Tae-sul e Seo-Hae são personagens que igualmente como todos ali que preferem usar a maquina para voltar no tempo e assim tentar consertar seus erros, ter uma vida melhor, fazer algo diferente ou até mesmo salvar o amor da sua vida.

O Drama no geral segue muito bem até o momento e tanto em atuações, como cenários, fotografia e sequências são muito bem elaboradas aqui. Movimentação com câmera, direção segue bem e apesar de que algumas sequências deixam o telespectador um pouco zonzo, o drama “O Mito de Sísifo” se não cair na “Maldição de ALICE” já pode ser considerado um dos melhores dramas do gênero de 2021.

Trailer:

+ Sobre a Erika, siga ela em suas redes sociais:


– Se você também ideias de matérias, artigos e reviews, entre em contato conosco aqui no site ou através de nossas redes sociais [Facebook – Twitter – Instagram]. Por favor, também não esqueçam de clicarem no Coraçãozinho vermelho ♥ lá no alto da página para sabermos o alcance dessa publicação.

NOVIDADE: Quando terminar de conferir o review, venha conhecer a nossa Loja Online
>>>>>>>>>>>> LOJA ANIME XIS <<<<<<<<<<<<
Camisetas, mangás, presentes e muito mais. Clique e confira!

  • E ai, o que acha? Gostou do artigo de hoje? Compartilhe com os amigos e deixe seu comentário aqui pra gente!

– Confira outros Artigos produzidos para nosso site clicando aqui!

– Mais notícias de Animes? Clique neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no Twitter@Anime_Xis InstagramAnime_xis
Conhece nosso Canal no Youtube?
Curtam nossa página no FacebookAnime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!